Como armazenar os Alimentos

blog-potes-alimentos1-234x300

Armazenar adequadamente os alimentos vai muito além da segurança e da saúde, isso também ajuda a evitar o desperdício de alimentos pela putrefação, contaminação e ajuda a preservar os nutrientes por mais tempo.

Evitando o desperdício, além de pouparmos dinheiro, diminuímos a quantidade de lixo que jogamos fora, e assim, diminuímos a quantidade de resíduos no ambiente.
Os alimentos devem ser guardados separados uns dos outros e em temperatura e umidade de acordo com seu tipo.

Carnes em geral:
O melhor é congelá-la em porções individuais ou porções que já sabe que irá usar em alguma receita específica, para assim não haver desperdício,  pois uma vez descongelada a carne, não se pode congelá-la novamente. Quanto a temperatura, peixes devem ficar a no mínimo 2°C e, quando cozidos, devem ficar a essa temperatura por até 24h. As carnes de boi e aves devem ficar congeladas em no mínimo 4°C e quando cozidas, por no máximo 3 dias.

Feijão:
O feijão cru, como outros grãos, podem ficar armazenados em temperatura ambiente. Já cozido, deve ser armazenado sob refrigeração a no mínimo 4°C por no máximo 3 dias em recipientes de preferência de vidro.

Ovos:
Devem ser armazenados sob refrigeração de 4°C a 8°C e podem ser higienizados antes de sua utilização e não necessariamente no momento em que está armazenando.

Verduras, frutas e legumes:
Os vegetais folhosos devem ser armazenados sob refrigeração de 10°C por no máximo 3 dias. Frutas e legumes inteiros podem ser armazenados em temperatura ambiente e não têm a necessidade de serem embrulhados em papéis ou sacos plásticos. Se estiverem cortados, o ideal é que sejam refrigerados a 10°C e em recipientes de vidro. Frutas cortadas como o mamão, devem ter as sementes retiradas e armazenados em recipiente de vidro e consumidos o mais rapidamente possível, não ultrapassando um ou dois dias.

Sobras de almoço/janta:
O ideal é ser posto sob refrigeração assim que a refeição termina, pois diminui o risco de contaminação. Se guardar na panela, sempre mantê-la fechada.

Uso de potes de plástico/filme plástico/alumínio para armazenar alimentos:
Recomenda-se que não seja utilizado potes de plástico para guardar os alimentos na geladeira pois quando estão quentes ou congelados, o contato dos alimentos no material estimula a liberação de toxinas como o bisfenol A, que é utilizado para a fabricação destes utensílios bem como outras garrafas plásticas, copos para bebês, mamadeiras e outros produtos. Há países como Canadá, Dinamarca e Costa Rica, que essa substância é proibida. No Brasil, foi proibida apenas no final de 2011, ou seja, ainda possuímos muitos produtos com essa substância. Estudos suspeitam a relação dessa substância com muitas doenças, entre elas o câncer, problemas neurológicos, vários problemas na gravidez inclusive o aborto, e vários outros problemas!
Por isso, muita atenção além de não armazenar em recipientes plásticos, também não se pode esquentar a comida no microondas em recipientes plásticos, mesmo que seja por poucos segundos, e não se pode colocar água quente ou outro líquido em copos plásticos também.
Já o alumínio e o filme plástico para embalar alimentos, também não são recomendados, porque da mesma forma, as substâncias contidas neles podem migrar para o alimento. O ideal é embalar em papel manteiga.

A perda de nutrientes é relativa, mas quando de cozinha o alimento, vitaminas hidrossolúveis se perdem, por isso, é interessante cozinhar os legumes no vapor e evitar a cocção excessiva. Já o congelamento mantem mais os nutrientes dos alimentos, mas ainda há dúvidas entre os pesquisadores, de quanto ou quais nutrientes se perdem.

Para descongelar alimentos, o certo é realizar sobre uma refrigeração menor (do freezer para a geladeira) ou direto para a panela dependendo da ocasião. Devemos parar com a tradição da vó de deixar a carne descongelando na pia de um dia para o outro, pois isso pode acarretar um bela intoxicação alimentar!

A intoxicação alimentar pode ter sintomas desde horas após a refeição até anos depois, dependendo da bactéria ou microrganismo envolvido!! Entre eles estão: náusea, vômito, dor abdominal, febre, diarreia e cansaço. Os sintomas variam de pessoa pra pessoa e podem ser brandos ou até levar a morte! As causas da intoxicação estão na falta de higienização correta dos alimentos, armazenamento incorreto e até o uso de pesticidas e agrotóxicos. Por isso é bom  sempre que possível, optar por alimentos orgânicos.

É muito importante fazer a higienização correta dos alimentos, existem vários produtos que auxiliam na limpeza de verduras e frutas por exemplo. Siga sempre as recomendações do rótulo!

Vídeo:

Aprenda a fazer o armazenamento de alimentos reaproveitando garrafas pet

Só corrigindo uns termos do vídeo, antibactericida e antifungicida, favoreceriam o crescimentos destes organismos!! Os termos corretos são bactericida ou antibacteriano e fungicida! Não cometam essas gafes por aí!! E levantaram a dúvida de como saber a validade já que está armazenando na garrafa pet e não na embalagem original. Poxa, escreva com uma caneta a validade!! Mas apesar disso, o vídeo é bem interessante pois dá ideia de como reaproveitar as garrafas pet, armazenar bem os alimentos e ainda como fazer a higienização correta!

armazenamento-alimentos

Boa tarde a todos e bom armazenamento de alimentos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s