Casas ecológicas: Telhado Verde

Continuando a saga Casas Ecológicas, vou falar um pouco sobre os famosos telhados verdes!!

Apesar de em muitos países o telhado verde parecer uma novidade, essa tecnologia existe há séculos!! Isso porque, as casas rústicas, como eram feitas antigamente, tinham a disposição para construção apenas materiais naturais, e sua principal vantagem era o de prover conforto térmico no interior das casas.
Em tempos frios, o telhado verde contribuía para o isolamento térmico da casa, e em tempos quentes, protegia a casa de se superaquecer, pelo aumento da exposição à radiação solar. Hoje em dia, os telhados verdes possuem características que vão muito além do conforto térmico nas regiões urbanas, eles também são importantes para o ambiente.

Em sua estrutura, o telhado verde é um sistema que possui camadas que compõem uma membrana à prova d’água para evitar vazamento e infiltração, um meio de cultura para possibilitar a vegetação e por fim a própria vegetação. Os telhados verdes também possuem uma camada de proteção ao crescimento das raízes, uma camada de drenagem e um sistema de irrigação, caso seja necessário devido ao clima do local.

Os telhados verdes podem ser classificados como intensivos ou extensivos.
O sistema extensivo é a forma mais simples de construção, com baixo custo de criação e manutenção, peso e profundidade. Possui uma camada fina de substrato, com pouca vegetação, sendo geralmente rasteira como o gramado, o que se torna leve para a estrutura. Geralmente não precisam de irrigação, são auto-sustentáveis, e utiliza-se espécies nativas por se adaptarem bem ao clima. As suculentas são as plantas adequadas para serem utilizadas na forma extensiva de telhado verde, pois reservam água em suas folhas, sendo resistentes à seca. São plantas pequenas que não crescem em altura, oferecendo uma boa cobertura para o telhado, são fáceis de instalar e requerem o mínimo de manutenção.
Já o sistema intensivo possui uma camada de substrato mais profunda, com uma maior densidade de vegetação, o que permite a sobrevivência de uma vegetação com raízes mais profundas, como pequenas árvores que são regadas  regularmente durante períodos secos. Este sistema é projetado para ser acessível ocasionalmente pelos moradores e, por esse motivo, possui maior custo inicial e de manutenção.

Estrutura típica de telhado verde

Estrutura típica de telhado verde (Theodore Theodosiou, 2009 – Adaptado)

Os principais benefícios de um telhado verde são:

▪ Conservação de energia para resfriamento e aquecimento da moradia;
▪ Redução do efeito “ilha de aquecimento” das cidades;
▪ Absorção de poluentes atmosféricos;
▪ Diminuição do escoamento de águas pluviais;
▪ Maior durabilidade do telhado pelas camadas à prova d’água;
▪ Área esteticamente atrativa;
▪ Possível habitat para formas de vida animal;
▪ Reposição de vegetação perdida durante o crescimento urbano.
▪ Redução de ruídos dentro da casa quando utilizado o sistema intensivo;
▪ Benefícios sociais e psicológicos.

Podemos ver então que o telhado verde funciona como isolante término, auxiliando no período frio e quente, e com isso, auxilia também no consumo de energia, em casas com pobre isolamento.
Analisando a espessura da camada vegetativa do telhado, casas com uma camada mais densa no telhado obtém uma propriedade isolante melhorada, já uma camada menos densa de solo geralmente é mais arejada, e este ar entre o solo também ajuda no isolamento. De qualquer forma podemos ver que ambas as densidades são isolantes. A umidade do solo também afeta o ganho e perda de calor. Em solos úmidos o calor é retirado quando a evapotranspiração é elevada, porém em solos úmidos a condutividade aumenta, sendo os solos mais secos melhores para o isolamento térmico.

Apesar dos custos iniciais e de manutenção de um telhado verde, a economia de energia gerada, acaba por quitar os custos iniciais em uma casa. Já em um edifício, o total de energia conservada é mais limitado, mas ainda sim os benefícios são muito válidos!

Sistema extensivo

Sistema extensivo

Sistema intensivo

Sistema intensivo

Na imagem acima, podemos ver que este edifício utilizou do terraço como uma nova forma de valorizar e de tornar útil este espaço, que além de trazer benefícios ao ambiente, atrai os moradores para aproveitar esta área de lazer.

Espero que tenham gostado e até a próxima!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s